Tuesday, 5 May 2009

Probably an Cearense's sailboat

IMG_3375

IMG_3370

The time continue passing, and the exercises is coming slowly. I was sitting and no thinking about nothing, while my wife was watching a novella in the television. Definitely, I don´t like that tv series and then, I went to doing one useful thing, I went to study watercolors...

The cearense is that peoples that leaves in Ceará state, of Brazil, the most knowledge city is Fortaleza . For this piece I made with scholar grade watercolors... Is contrast and pigmentation aren't too bad.

And down a study of heads (big heads) for an job that I´ll do. I´m finding to some forms of feeling faces with out expression lines defined.

By the way, pardon-me that ones that don't know Machado de Assis language, but I need to say a lot of things, ideas, and optionality, I going to write in my fist language. É confortável ter um mínimo de domínio no objeto da comunicação. Misturo as coisas, como aqui no meu país o pessoal soca palavras inglesas no meio das frases.

O tempo continua passando lentamente, e aos poucos os exercícios vão se sucedendo. Estava sentando, com o pensamento divagando enquanto minha esposa assistia a uma novela na tv. Decididamente eu não gosto de novelas e então resolvei fazer uma coisa mais útil e ir estudar aquarelas.

Talvez, você que lê em Inglês e Português esteja se perguntando o porque do texto na língua de Machado de Assis, deste e de tantos outros posts, serem mais detalhados e fluentes. A resposta é simples: Em português eu consigo me comunicar com mais fluência. Tenho muitas idéias que gostaria de compartilhar e para escrever da maneira como quero em inglês me falte vocabulário, daí monto alguns textos muito chochos e bem parecido com aquelas redações de crianças. Sei que isso é questão de tempo e muito estudo, mas o principal eu já fiz, mesmo sabendo que escrevo com erros grosseiros, que ainda não consigo identificar, mas continuo escrevendo e expondo o que faço. Continuo pensando que o mais importante é me comunicar. Aqueles mais puristas, que fazem questão de uma escrita polida, peço desculpas, mas não deixarei de fazer.

Acredito que a primeira figura seja de um veleiro cearense... em outra ocasião fiz um óleo sobre tela com este tema. Admiro muito veleiros. Esta aquarela foi baseada em uma figura que ao acaso encontrei em um livro.

Ainda continuo treinando aquarelas, não com a intensidade que gostaria, mas aos poucos vou pegando o jeito, como ora faço com o Inglês. Ontem no final da noite fui colorir um desenho no meu Sketchbook, um que fiz no centro de Santana na quinta-feira passada, e o resultado foi um pouco melhor. Aos poucos, passo a passo, eu chego lá.

E abaixo, um estudo de cabeças para um trabalho que pretendo fazer. Em português temos uma excelente palavra para definir as grandes cabeças, é “cabeção”. Por estas e por outras é que adoro o idioma de Camões. Voltando ao assunto. Estou estudando formas de rostos com bastante expressão mas sem as feições definidas. Mas isso já é assunto para um outro post.

No comments:

Post a Comment

There was an error in this gadget