Friday, 15 May 2009

The São Paulo's Subway – the Santana Station

A two weeks ago I drew the subway station Metro Santana, on the São Paulo's north zone. Not occasionally, some stations have been built above the level of the streets, by definition it isn't sub way, and Santana is one of this. More than 20 years ago, it was the last subway station on the north and this way went to Jabaquara station on the solth zone. The time pass, but with out same speed, the subway was expanded. Today, the last station is the Tucuruvi, nearby the Serra da Cantareira (Sierra of the Cantareira). When I come from work to my home, I pass with my motorcycle nearby of three stations.

In this drawing's day, I went to that place at the lunch time with my molesquine and two pencils.
I spend approximate 20min to draw, and later, at my home, I was applied the watercolors...

O Metro de São Paulo – Estação Santana

No antigo dialeto talvez Santana pretenderia dizer Santa Ana. Acredito que por abreviações da pronuncia popular este novo nome acabou sendo criado, que para o paulistano comum pouco faz sentido como nome da mãe da Maria de Nazareth (avó de Jesus). Eu acharia mais interessante esta grafia como “Sant'Ana”. A alguns anos aqui em São Paulo foi canonizado o Frei Galvão, que passou a ser conhecido como Santo Antônio de Sant'Ana Galvão.

Há duas semanas eu desenhei a estação Santana do Metro de São Paulo, na zona norte. Não ocasionalmente, algumas estações foram construídas acima do nível das ruas. Há mais de 20 anos, esta era a ultima estação da linha azul, norte – sul, que faz ligação com a estação Jabaquara, lá na zona sul. O tempo foi passando, e não com a mesma velocidade o Metrô foi se expandindo. Hoje a ultima estação da zona norte é a Tucuruvi, perto da Serra da Cantareira, mas somente três estações após a esta. Quando vou para casa do meu trabalho com a minha moto, passo pelas imediações de duas delas.

No dia que fiz este desenho, fui com o meu molesquine e duas lapiseiras, na hora do almoço. Parei em uma esquina da parte final da Av Cruzeiro do Sul, quando ela termina em uma praça. A esquerda há um acesso para rua Alfredo Pujol e a Direita a rua Conselheiro Saraiva. Para o trem que vai para a estação Tucuruví, os trilhos descem da plataforma para um túnel que passa sob a praça, já o trem que vai para o sul permanece nesta plataforma por mais três estações e apenas retorna a um túnel após a Estação Armenia, na avenida Tiradesntes.
Gastei aproximadamente 20 minutos desenhando, e depois, em casa, eu apliquei a colorozação com aquarela.

No comments:

Post a Comment

There was an error in this gadget